Arquivos do blog

Atenção e prudência no trânsito neste final de ano!

29/12/2015 Por:

Estrada11

Estamos chegando no fim de 2015 e é tempo de refletir sobre o ano que passou e traçar novas metas para o próximo. Por isso, vale parar e pensar em como foi o seu comportamento no trânsito este ano? O que você pode mudar para contribuir ainda mais para garantir a sua segurança e dos demais usuários das vias?

Pequenas atitudes já podem fazer a diferença e, se você introduzir alguns comportamentos no seu dia a dia, logo serão hábitos que você realizará automaticamente. Lembre-se de sempre colocar o cinto de segurança assim que entrar no veículo, lembrando também a todos os passageiros; não dirija sob o efeito de álcool ou outras substâncias que diminuem a sua atenção; atravesse sempre na faixa de pedestres; não ande em sua moto sem capacete; seja gentil e paciente e dê passagem quando necessário.

Se vai viajar para aproveitar a virada do ano, planeje a viagem para que ela seja feita de forma tranquila. Não deixe que um acidente estrague a sua comemoração.

De acordo com dados da Seguradora Líder-DPVAT o período entre os dias 30 e 31 de dezembro de 2014 e 01 de janeiro de 2015 registrou uma queda de 28% no número de indenizações pagas por morte, em relação ao réveillon anterior. A cobertura responsável pelo maior número de ocorrências é Invalidez, com 3.127 pagamentos. Já a maior quantidade de ocorrências foi na faixa etária de 18 a 34 anos, com maior incidência na região Nordeste, seguida pela região Sudeste. A maior quantidade de sinistros pagos por tipo de veículo foi para motocicletas, com 3.194 indenizações. Os motoristas foram as maiores vítimas do período, respondendo por 2.638 pagamentos.

Aproveite o final de ano com muita segurança e comece o seu novo ciclo promovendo a paz no trânsito!

Desejamos a todos um 2016 de muita luz, amor e boas histórias para contar!

Aproveitamos para reforçar a importância do uso do cinto de segurança por todos os passageiros de um veículo.  Assista ao nosso vídeo:

Feliz Natal para todos os nossos leitores!

24/12/2015 Por:

banner-natal-viver-seguro

Desejamos aos nossos leitores um Feliz Natal, com muita luz e paz para todos!

Que, cada dia mais, tenhamos consciência da nossa responsabilidade em construir um mundo melhor para se viver.

Lembramos que o respeito ao próximo também deve ser praticado no trânsito. Dirija com segurança, sempre.

Feliz Natal para você e sua família!

Você conhece as leis da física que podem ser aplicadas no trânsito?

21/12/2015 Por:

 

woman hand fastening a seat belt in the car

Você sabia que a física ajuda a explicar diversos aspectos do trânsito? Por exemplo, a 1ª Lei de Newton descreve o princípio da inércia, ou seja, todo corpo tende a permanecer em seu estado de repouso ou em movimento retilíneo uniforme (MRU), a menos que seja forçado a mudar aquele estado por forças imprimidas sobre ele. Isso explica a necessidade de usarmos o cinto de segurança. Em um acidente, o nosso corpo é projetado para frente porque, quando estamos trafegando dentro de um veículo, estamos em MRU, e como o movimento em uma situação dessas é interrompido bruscamente, tendemos a continuar em velocidade constante, sendo arremessados para a frente ou chacoalhando dentro do automóvel.

E você já ouviu falar de força centrífuga? Ao fazermos uma curva sentimos o efeito dela, que joga o veículo para fora, facilitando saídas de pista e capotagens. Quanto mais elevada a velocidade, maior será a aplicação dessa força e, por isso, devemos diminuir quando entramos numa curva, principalmente se ela for acentuada.

Já a força de atrito é muito importante não só para o deslocamento do veículo, como também para a ação de frear. A intensidade dessa força depende não só da massa do automóvel, como também do tipo de material e conservação das superfícies de contato. Por isso é muito importante  fazer uma manutenção periódica dos pneus e verificar a calibragem.

As regras de trânsito foram criadas levando em consideração esses e outros aspectos. Elas tem um propósito para existir. Respeitar a sinalização é uma maneira de garantir ainda mais a sua segurança e dos demais usuários das vias. Seja consciente!

Projeto de Lei regulamenta o uso de tacógrafos em veículos coletivos

17/12/2015 Por:

tacografo-vdo1

Em novembro, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5198/09,que regulamenta o uso de tacógrafos em veículos de transporte coletivo com mais de dez lugares. O equipamento serve para monitorar o tempo de uso, a distância percorrida e a velocidade desenvolvida por um veículo.

De acordo com a proposta, do deputado Jefferson Campos, a não utilização do tacógrafo será caracterizada como infração gravíssima, com perda de sete pontos na carteira, aplicação de multa e retenção do veículo. O texto também prevê as mesmas penalidades para condutores que tiverem o aparelho viciado ou defeituoso; com leitura inacessível à fiscalização ou sem as informações mínimas estabelecidas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran); sem estar devidamente selado e lacrado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro); e sem estar aprovado em verificação do Inmetro.

Segundo nota publicada no site da Câmara dos Deputados, no caso de acidentes com vítimas, um perito oficial é quem deverá retirar o dispositivo de registro e, na ausência do mesmo, o agente da autoridade de trânsito responsável pelo registro do acidente poderá retirar e manter sob sua guarda o disco ou unidade armazenadora, devendo encaminhá-lo o mais rápido possível à polícia judiciária.

O projeto agora precisa ser analisado pelo Plenário.

Assista ao vídeo e fique por dentro dos benefícios da manutenção preventiva

15/12/2015 Por:

Dpvat

Todo veículo está sujeito a desgastes que ocorrem com o tempo. Para evitar que esse processo que coloca em risco a segurança do condutor e demais usuários das vias, é importante realizar manutenções preventivas.

Essa prática também traz benefícios financeiros para o dono do veículo – uma vez que evita que o mesmo tenha que passar por manutenções corretivas, que são mais caras – e benefícios ambientais, pois o automóvel que está em perfeitas condições emite menos gases poluentes.

Saiba mais sobre a importância de realizar manutenções preventivas periódicas assistindo ao vídeo abaixo: