Arquivos do blog

Direção segura para condutores de caminhão

29/11/2012 Por:

Quando falamos em segurança, nos referimos a todos os condutores e pedestres que utilizam as vias, sem restrições. Mas os motoristas de caminhão devem ter alguns cuidados específicos com seus veículos para garantir seu bem estar.

As extensas jornadas de trabalho são um dos pontos que merecem destaque. A lei 12.619/12, que entrou em vigor em 17 de junho deste ano e regulamenta a profissão de motorista, teve impacto direto no trabalho dos condutores de caminhão. A nova regra estabelece, entre outros aspectos, um descanso de 11 horas a cada 24 horas trabalhadas. Com isso, o tempo máximo no volante é de quatro horas com intervalo de meia hora pra descanso. Essa medida visa reduzir o índice de motoristas que fazem uso de substâncias para disfarçar o cansaço e trabalhar durante mais horas, o que aumenta muito o risco de acidentes.

Confira alguns cuidados que devem ser adotados e ajudam a salvar vidas:

– Observe se os faróis estão em perfeitas condições e cuidado ao utilizar o farol alto, pois pode prejudicar a visibilidade dos motoristas que vem em sentido contrário;

– Fique atento à pressão dos pneus. Se ela não for adequada à determinada carga, pode ocasionar maior desgaste e perda de estabilidade;

– Cheque se as pastilhas de freio estão em perfeitas condições;

– Não faça ultrapassagens perigosas e respeite os limites de velocidade;

– Verifique a distribuição da carga no caminhão para garantir a estabilidade;

– Mantenha uma distância segura de outros veículos em vias de alta velocidade;

– Respeite o tempo determinado para condução do veículo. Não continue dirigindo se estiver se sentindo cansado. Faça uma pausa, descanse, e depois retome a viagem.

Seja um motorista responsável. Adote a direção defensiva e garanta a sua segurança e dos demais condutores!

Teste do bafômetro: um “sopro da vida”

26/11/2012 Por:

A Operação Lei Seca não faz distinções em suas blitzen, abordando pessoas comuns e também celebridades em prol de um trânsito mais seguro. Em sua página no Facebook (www.facebook.com/OpLeiSecaRJ) são compartilhadas fotos de motoristas que passaram no teste do  bafômetro sem problemas. Eles são exemplos para outros condutores contribuírem também para um trânsito menos violento.

Com a preocupação em divulgar o bom exemplo, o site da Década de Ação pela Segurança do Trânsito (www.decadatransitoseguro.com.br) traz agora uma nova seção, intitulada “Sopro da vida”. Ali, são reunidos os bons exemplos de celebridades, grupos e pessoas que colaboraram com a Operação. A intenção dos editores é reunir o maior número possível de pessoas de todo o Brasil para demonstrar a força da conscientização. A iniciativa vem contribuindo consideravelmente para a redução da violência no trânsito, estando alinhada à Década, que é um pacto internacional com a participação de vários países para reduzir o número de acidentes em pelo menos 50%.

E você também pode participar mandando sua foto para este e-mail: contato@decadatransito.com.br. No portal da Década há ainda uma seção especial de apoio à ação internacional, com o respaldo da ONU e da OMS, chamada “Abrace a Década”, que conta com a colaboração da população demonstrando espontaneamente suporte à causa.

Iniciada em março de 2009, a fiscalização da Lei 11.705/98 no estado do Rio de Janeiro, batizada como Operação Lei Seca, tem a importante missão de diminuir as estatísticas preocupantes de acidentes causados pela mistura álcool e direção. Sua forma original de atuar, hoje, é referência nacional e replicada em mais de 12 estados brasileiros.

Domingo foi dia de homenagear as vítimas de trânsito

22/11/2012 Por:

O último domingo, 18, foi um dia para relembrar a memória de todos os amigos e familiares que perderam a vida em decorrência da violência no trânsito. Antes de mais nada, o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, que ocorre sempre no terceiro domingo de novembro, foi uma celebração à vida! Foi com muita emoção que pais, mães, avós, filhos, irmãos e amigos compareceram aos eventos que marcaram a data em São Paulo e Rio de Janeiro.

Na capital paulista, diversos shows, que variaram desde música sertaneja à nordestina, marcaram os festejos no Parque da Juventude.  O início da celebração foi feito após um ato ecumênico em que lideranças religiosas deixaram suas palavras de paz e esperança para os familiares e os amigos das vítimas.  Atividades educativas também foram oferecidas ao público. Uma escolinha de trânsito fez a alegria das crianças que andavam de bicicleta pelo parque. Na minipista que foi montada, os pequenos tiveram a oportunidade de aprender as noções básicas para tornar o trânsito mais seguro e humano. Em um quiosque, a Polícia Militar de São Paulo ofereceu um curso de conscientização no trânsito. A Seguradora Líder DPVAT, que foi uma das empresas apoiadoras do evento, distribuiu adesivos relativos à Década de Segurança no Trânsito no local.

Um dos momentos mais emocionantes do evento foi quando o presidente da ONG Trânsito Amigo, Fernando Diniz, e a diretora-presidente do Instituto Paz no Trânsito, Christiane Yared, ambos pais de vítimas, contaram suas dramáticas experiências e como os respectivos lutos foram transformados em luta!  Ao final, a banda da Polícia Militar de São Paulo fez o show de encerramento do evento na capital paulista.

Rio de Janeiro – Na Cidade Maravilhosa, as festividades do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito ocorreram no Morro do Adeus, no Complexo do Alemão. A ação, que também contou com apoio da Seguradora Líder DPVAT, foi marcada pela diversidade de apresentações artísticas e uma série de serviços oferecidos à população, como, por exemplo, exames preventivos do câncer de mama, de glicemia e de hipertensão. O presidente do Detran-RJ, Fernando Avelino, e representantes de diversos segmentos religiosos também participaram do evento carioca.

As manifestações artísticas fizeram a alegria da comunidade. Atrações como a Orquestra Juvenil Mobilidade Sonora, da Fetranspor, e o Coral Canta Detran, do Detran-RJ, brindaram o público com músicas que variaram desde versões populares até clássicos de Mozart. Para a criançada, o ponto alto da festa foi a apresentação da Companhia Circense Marcos Frota.

Como um dos objetivos das festividades era celebrar a vida, o encerramento do evento no Rio de Janeiro não poderia ter sido mais emblemático. Simbolizando a união pela vida, uma muda de Ipê foi plantada no Morro do Adeus. No encerramento, foram lançados ao ar balões com sementes representando a importância de um mundo mais sustentável!

Lembre-se, você é peça fundamental para transformar as ruas e as estradas em lugares seguros. Dirija com responsabilidade sempre!

O uso do capacete é obrigatório e pode salvar vidas

19/11/2012 Por:

O capacete é um item de segurança obrigatório para os motociclistas. Não só porque o Código de Trânsito Brasileiro exige o seu uso, mas também porque ajuda a evitar consequências mais graves em acidentes de trânsito.

 Para o uso correto, o capacete deve estar devidamente afixado à cabeça pelo conjunto formado pela cinta jugular e engate, por debaixo do maxilar inferior,  e a viseira deve estar abaixada. Em lojas especializadas, eles são encontrados em várias cores e tamanhos, mas o ideal é que ele fique confortável na cabeça (nem maior, nem menor) e é indispensável que seja certificado pelo Inmetro. (Confira se o capacete apresenta o selo do órgão). Além disso, deve estar dentro do prazo de validade, que é de cinco anos. Caso o motociclista sofra algum acidente, o capacete deve ser inutilizado e outro deve ser adquirido.

Outro fator importante é ficar atento ao modelo do capacete. Alguns são proibidos por lei, como é o caso do coquinho que não protege a nuca. No caso de acidentes, a tendência desse modelo é sair da cabeça do condutor.

Ainda nos dias de hoje vemos muitos motociclistas que circulam pelas vias sem esse item de segurança. Além de ser considerada uma infração gravíssima, com multa de R$ 127,69 e perda de sete pontos na carteira, é um risco altíssimo que o condutor e o passageiro assumem. No caso de um acidente, o risco de fraturas graves na cabeça, uma região sensível do corpo, é consideravelmente diminuído com seu uso.

Não devemos ser negligentes com a nossa própria segurança. Cheque se o seu capacete atende às normas exigidas e, caso não tenha um, adquira imediatamente. Muitas vidas podem ser salvas com esse simples gesto. Seja consciente e alerte seus amigos.

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito ganha evento em SP. Vamos celebrar a vida!

15/11/2012 Por:

Desde 2005, por ideia e determinação da Organização Mundial das Nações Unidas, todo terceiro domingo do mês de novembro é o Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito. O objetivo é lembrar as pessoas que morreram em decorrência de acidentes de trânsito, e homenageá-las, bem como suas famílias. Desde 2008 a data é celebrada no Brasil e, em 2012, o evento acontecerá em São Paulo, no dia 18, com shows musicais, ato ecumênico e atividades para crianças, no Parque da Juventude.

Realizador do evento, o presidente da ONG Trânsito Amigo Fernando Diniz relembra que a data já é comemorada desde 1993 no Reino Unido, e só foi absorvida pela ONU depois. “No Brasil começamos com uma celebração relativamente modesta na Avenida Atlântica (Copacabana). Com o tempo fomos tendo mais visibilidade”, conta. O evento repetiu-se em 2009 no Rio e foi para Florianópolis (2010) e Curitiba (2011). Em 2013, planeja-se que o evento aconteça em Brasília, por causa do lançamento da campanha Pela Consciência no Trânsito e pelo ato de criação do Conselho Nacional pela Redução de Acidentes, assumido pela presidente Dilma Rouseff.

Engenheiro de formação, Fernando Diniz montou a ONG em 2003, após a morte de seu filho Fabrício num acidente de carro na Avenida das Américas, Barra da Tijuca, Zona Oeste carioca, iniciando então uma luta em favor da preservação da vida no trânsito.

Apesar da tristeza que paira sobre a data, ele visualiza um evento alegre. “Vamos fazer um grande congraçamento. É uma data para que as pessoas não sejam esquecidas. Não é um acontecimento triste. Estamos lá para homenagear os que já se foram e celebrar a vida”. Alertar e conscientizar, claro, faz parte, já que há muitos depoimentos de parentes de vítimas. “Nossa grande mensagem é: não queremos ver você com sua foto estampada num cartaz, nas próximas campanhas contra a violência no trânsito”.

Ele reconhece que a ida para São Paulo é um grande desafio. “Trata-se de uma cidade complexa e muito grande. E ainda assim conseguimos fazer um evento de grandes proporções. Reunimos várias ongs, sindicatos e associações. Temos mais de 20 parceiros”, afirma ele.

A Seguradora Líder-DPVAT é uma das empresas que está apoiando o evento. Sua consciência é presença é muito importante para juntos construirmos um trânsito mais seguro. A gente se vê lá!