Você conhece a ONG Trânsito Amigo?

20/07/2017 Por:

Você já parou para observar que estamos vivendo numa onda colaborativa? Dividimos casas usando sites de hospedagem domiciliar, carros por meio de serviços de caronas compartilhadas e até informações, a partir de aplicativos para smatphones, que nos ajudam a desviar de congestionamentos. São serviços que facilitam muito a nossa vida e a de outras pessoas também. A sensação que dá é de que podemos contar com uma grande rede de amigos sempre que precisarmos. Como hoje é o Dia do Amigo, vamos falar sobre uma organização bacana que tem colaborado com muita gente na missão de transformar o trânsito em um ambiente mais seguro: A ONG Trânsito Amigo.

A ideia surgiu depois que Fernando Diniz, fundador da organização, perdeu o filho em um acidente de trânsito. A partir daí, Fernando formou uma rede de familiares e amigos de vítimas de acidentes nas ruas e estradas para combater a violência no trânsito. Com palestras, seminários e debates, a ONG Trânsito Amigo trabalha para que os condutores sejam mais prudentes e conscientes.

A iniciativa mais recente foi em maio, quando a organização deu início à campanha “Ninguém precisa de sinal, precisa de educação. Respeite a faixa”. Publicada em plataformas digitais, a mensagem teve a intenção de contribuir com o Movimento Maio Amarelo, movimento de conscientização para a segurança no trânsito, na busca por mudanças de atitudes de motoristas e pedestres nas ruas.

Outro trabalho bacana da organização é o auxílio às pessoas que sofrem com acidentes de trânsito. Seja para quem se envolveu em um acidente ou para familiares e amigos das vítimas, a ONG dá orientações a quem precisa. Fazendo justiça ao nome, a ONG Trânsito Amigo surfa na onda colaborativa compartilhando apoio, consciência, cidadania e, sobretudo, amizade.

Gostou da iniciativa? Para saber mais sobre a ONG Trânsito Amigo, acesse o site da organização. Se você conhece outra ação que promove o conceito de cidadania no trânsito, conta pra gente nos comentários. Até a próxima e Feliz Dia do Amigo! 🙂

De pais para filhos: brincadeiras sobre segurança no trânsito para as crianças

18/07/2017 Por:

Se você tem criança em casa, sabe bem como elas aguardam ansiosas pelo período de férias escolares. O problema é que, muitas vezes, ficamos sem saber o que fazer para ocupar o tempo dessa turminha cheia de energia. Parando pra pensar, fica aquela sensação de que poderíamos ter aproveitado mais.

Para dar aquela mãozinha nesse momento, separamos algumas dicas de atividades que podem ser feitas em casa. Além de trazer diversão, as brincadeiras vão ensinar às crianças um assunto muito importante e bastante comentado aqui no blog : a segurança no trânsito. De forma lúdica, é possível apresentar aos pequenos como eles podem manter o bom convívio nas ruas. Confere só!

Tabuleiro do trânsito

Sabe aqueles jogos de tabuleiro? Eles são ótimos para ensinar, de forma divertida, como seguir boas atitudes nas ruas. Você, inclusive, pode elaborar a brincadeira com as crianças. Não tem segredo! O jogo pode ser feito em uma cartolina, com carrinhos representando os motoristas e bonecos, os pedestres. Durante a partida, à medida que os dados são lançados, os participantes avançam pelas “casas” com placas de trânsito, faixa de pedestres e semáforos. Ganha aquele que chegar primeiro no fim do percurso, ou seja, quem mais respeitar as regras de boa convivência no trânsito. 😉

Jogo da memória diferente

Outra ótima brincadeira para educar as crianças sobre o trânsito é o jogo da memória. Só que, em vez de achar imagens idênticas, os participantes têm o objetivo de encontrar as ações correspondentes a cada placa de trânsito. Por exemplo, se o seu filho encontrar a plaquinha com uma seta apontando para a esquerda, a ação correta será virar para a esquerda. 🙂 Dessa maneira, os futuros motoristas aprendem desde cedo o significado desses sinais.

Teatrinho criativo

Já para quem gosta de atividades mais elaboradas, uma ótima recomendação é fazer peças de teatro com situações de trânsito como pano de fundo. De forma leve e didática, você pode ensinar e mostrar para os pequenos o uso correto do cinto de segurança, as instruções para atravessar a faixa de pedestres e o significado de cada cor do semáforo. O mais legal dessa atividade é usar a criatividade para elaborar diversas peças usando o tema segurança no trânsito como protagonista.

Conhece outras atividades lúdicas sobre segurança nas ruas? Compartilhe com a gente nos comentários. Com essas brincadeiras, podemos mostrar para a futura geração de motoristas e pedestres como fazer do trânsito um ambiente mais seguro. 🙂

Como as bikes podem ajudar a melhorar o trânsito?

13/07/2017 Por:

Você sabia que existe um automóvel para cada quatro habitantes no Brasil? No total, são mais de 45 milhões de veículos desse tipo no país, segundo pesquisa mais recente do Departamento Nacional de trânsito (Denatran). Com tantos carros nas ruas, o congestionamento nas grandes cidades tem se tornado cada vez mais comum. Em meio a buzinas e a carros parados, a bicicleta é uma ótima opção para quem quer se deslocar com mais facilidade no trânsito – além de contribuir com a saúde e com o meio ambiente. 😉  Para incentivar quem tem vontade de sair por aí de bike e colaborar com um trânsito melhor, algumas iniciativas bem bacanas foram criadas. Confere só!

Conabici

No mês de junho aconteceu o 1º Congresso Nacional de Bicicleta na Cidade (Conabici). O encontro, totalmente online, reuniu os maiores nomes do ciclismo e especialistas em mobilidade urbana, saúde e economia para falar sobre como pedalar nas cidades com mais conforto e segurança. Eles também deram dicas para quem quer fugir do trânsito, economizar tempo e dinheiro e sair do sedentarismo usando a bike.  Ficou interessado?

Bike Rio

Outro projeto bem legal é o Bike Rio, um sistema que permite o uso de bicicletas em estações distribuídas pela cidade do Rio. Com ele, os motoristas não precisam mais pegar no volante para pequenos percursos, economizando dinheiro e evitando congestionamentos. Em funcionamento desde 2011, o Bike Rio passará por melhorias, entre elas a implantação de painéis solares nas estações, garantindo o uso de energia sustentável. Legal, né?

Cyclobus

Por último, compartilhamos uma iniciativa de dois jovens empreendedores de Rouen, na França, que usaram o conceito da bicicleta para ganhar tempo, estimular a prática de atividades físicas e colaborar com o meio ambiente. Eles criaram o Cyclobus, um quadriciclo com 10 lugares que faz o transporte de crianças para a escola na companhia de um adulto. Movido a pedaladas e a assistência elétrica (recurso usado nas bicicletas elétricas), o “ônibus” desenvolve o trabalho em equipe entre os pequenos passageiros e, consequentemente, mostra à nova geração os benefícios do uso das bikes.

Já conhecia essas ideias? Deu vontade de sair por aí dando umas pedaladas? Para estimular mais pessoas a aderirem às bicicletas, conta pra gente aqui, nos comentários, como foi a sua experiência com a bike. Até a próxima! 🙂

A atuação da Seguradora Líder-DPVAT no combate às fraudes

11/07/2017 Por:

Se você acompanha o nosso blog, já viu por aqui os números e a importância social do Seguro DPVAT. Ao compartilhar essas informações, nosso objetivo é deixar você por dentro de tudo o que envolve esse seguro tão importante para a sociedade. Dando continuidade à série de posts sobre os números do Seguro DPVAT, hoje vamos falar sobre o combate a fraudes.

Em 2016, foram descobertas cerca de 9.500 tentativas de fraudes contra o seguro, evitando a perda de R$ 120,2 milhões – valor que faz parte dos recursos destinados às vítimas de acidentes de trânsito e a campanhas educativas elaboradas pelo Denatran. Esse resultado foi alcançado graças às atividades da Seguradora Líder-DPVAT, que faz a gestão do Seguro DPVAT, no combate a fraudes.

Para realizar esse trabalho, a Seguradora Líder-DPVAT oferece um canal de denúncias, disponível pelo telefone 0800 022 1205, assim como um espaço no site. Por meio desse recurso, muitas tentativas de fraudar as indenizações do Seguro DPVAT são impedidas, garantindo o auxílio para quem realmente tem direito: as vítimas de acidentes de trânsito.

Outra iniciativa para diminuir as fraudes é o fortalecimento da parceria com os Correios para ampliação dos postos de atendimento, que hoje somam mais de 7 mil em todo o país. Com isso, as vítimas de acidentes de trânsito têm mais opções na hora de dar entrada no Seguro DPVAT, já que não precisam do intermédio de outra pessoa para receber o auxílio. E já que estamos falando nisso, vale ressaltar que não precisa pagar para dar entrada no seguro. É preciso juntar a documentação, de acordo com cada cobertura, e ir até esses pontos de atendimento, cujos endereços estão aqui.

Foi contando com informação, orientação e segurança que as mais de 434 mil vítimas de acidentes de trânsito receberam a indenização do Seguro DPVAT no ano passado.

Ficou com alguma dúvida? Fale com a gente nos comentários. Estamos aqui para ouvir você. Até a próxima! 🙂

Seguro DPVAT e sua importância social

05/07/2017 Por:

Nas ruas, estamos sujeitos a várias situações que não controlamos, entre elas, os acidentes de trânsito. Quando isso acontece, as vítimas podem contar com o Seguro DPVAT.

Baseado no mutualismo, um conceito que consiste na contribuição coletiva para o benefício de quem precisa de assistência, o Seguro DPVAT indeniza as vítimas de acidentes de trânsito sem apuração de culpa. É o reconhecimento de que juntos podemos superar os imprevistos do dia a dia. Seja motorista, passageiro ou pedestre, todos podem pedir a indenização.

Além do amparo em um momento difícil, quando acontece um acidente de trânsito, o Seguro DPVAT também contribui para evitar o desequilíbrio econômico do país, pois ajuda a vítima a se preparar para voltar ao mercado de trabalho. Para se ter uma ideia, no ano passado, das mais de 430 mil indenizações do Seguro DPVAT, metade foram destinadas às vítimas de acidentes de trânsito para jovens com idade entre 18 e 34 anos. Essas pessoas concentram a maior parcela da população que tem algum tipo de trabalho remunerado, ou seja, as que mais movimentam a economia do Brasil.

A Seguradora Líder-DPVAT também colabora com o país de outra maneira: ajudando a reduzir os custos com acidentes de trânsito. Isso porque metade do que é pago pelos donos de veículos é destinado ao SUS (45%) para atendimento às vítimas de acidentes e ao Denatran (5%), para campanhas educativas.

Ficou alguma dúvida sobre a importância social do Seguro DPVAT? Deixe a sua pergunta nos comentários que logo respondemos.