Você sabe o que é Direção Defensiva?

22/03/2012 Por:

 

Uma maneira importante de evitar acidentes de trânsito é o conhecimento e prática da Direção Defensiva.  De acordo com o Manual de Direção Defensiva, publicado pelo Denatran em 2005, o termo significa: “a forma de dirigir, que permite a você reconhecer antecipadamente as situações de perigo e prever o que pode acontecer com você, com seus acompanhantes, com o seu veículo e com os outros usuários da via”.  Ou seja, são medidas e procedimentos necessários para prevenir ou minimizar as consequências de acidentes de trânsito. Esse conceito é baseado na noção de que em todo acidente sempre está presente uma falha humana relacionada ou a negligência, ou imprudência, ou imperícia.

Os riscos e perigos a que estamos sujeitos no trânsito estão relacionados com diversos fatores como os veículos, os condutores, as vias de trânsito, o ambiente e o comportamento das pessoas.

E aprender sobre Direção Defensiva é essencial para a formação de bons motoristas. Você pode encontrar mais informações no link a seguir, que contém o Manual completo do Denatran:

www.detran.ba.gov.br/noticias/DIRECAO_DEFENSIVA.pdf

Celular e direção: uma combinação perigosa

19/03/2012 Por:


O celular se transformou em um item essencial em nossas vidas, principalmente depois do crescimento das redes sociais. Por isso, não é raro vermos alguns motoristas utilizando o aparelho – seja para atender uma ligação ou checar emails, Twitter e o Facebook – enquanto dirigem seus veículos. Além de ser proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro, o uso do celular ao volante coloca em risco o condutor e todos os demais presentes nas vias de trânsito. Vale lembrar que mesmo os fones de ouvido e o viva-voz também estão proibidos.

Dirigir um veículo envolve tomada e processamento de informação e também atividades motoras. Apesar de muitos acreditarem que é possível combinar direção e celular, isso pode afetar a percepção do motorista, que demora mais para prever e identificar riscos, além de ficar mais lento e alheio ao que está ocorrendo.

Se for preciso utilizar o celular para falar ou enviar SMS, pare o carro. Até mesmo para traçar a rota no GPS, procure fazê-lo com o veículo ainda parado.

Seja um motorista consciente!

Como evitar prejuízos com o carro em dias de chuva

15/03/2012 Por:


O volume de chuvas e a possibilidade de enchentes nos dias quentes de verão é sempre maior. Para os motoristas, a dica é estar sempre em alerta para evitar acidentes com o carro. Selecionamos algumas dicas de como você deve agir em situações como essa:

– Se na enchente, a água estiver até metade da altura da roda, você consegue ter condições mínimas para dirigir. Depois desse ponto, a travessia torna-se muito arriscada e o veículo fica exposto a panes mecânicas;

– Depois de atravessar, ainda que o veículo não apresente nenhum dano aparente, é necessário ficar de olho nas correias, no óleo e na parte elétrica. O motor pode estar danificado e há o perigo de curtos. É importante também checar a parte funcional do carro, como lâmpadas e buzina;

– Observe o filtro de ar. Se houver folhas ou barro é sinal de que a água pode ter entrado no sistema. Verifique se cantos e afins estão molhados, pois pode haver corrosão;

– Depois de checar esses itens, se você encontrar alguma parte danificada, deve procurar uma assistência técnica o quanto antes. E não deixe o carro sujo, com lama acumulada. Leve para uma limpeza e lubrificação completa.

Fiquem atentos!

Mulheres são minoria em acidentes de trânsito

08/03/2012 Por:

 

“Mulher no volante, perigo constante”? Não é bem assim. Durante muitos anos esse era um senso comum entre pessoas. Entretanto, dados da Seguradora LíderDPVAT apontam que no último ano a maior incidência de indenizações pagas do Seguro DPVAT foi para vítimas do sexo masculino: 77%. E apenas 23% foram para mulheres.

Do total de indenizações pagas por morte, 10% foram para mulheres; 23% para casos de invalidez permanente e 30% dos reembolsos de despesas médicas hospitalares também foram para elas. Outra informação que vale destacar é que 40% estavam na condição de passageiras, 33% na condição de motoristas e 27% na condição de pedestres. A maioria dos acidentes aconteceu no estado de São Paulo, seguido por Minas Gerais, regiões de maior frota e população.

As causas para os índices são diversas. Especialistas indicam que as mulheres são mais atentas ao volante, menos agressivas e se arriscam menos. Outro motivo é que muitas dirigem com crianças no automóvel, fator que aumenta a cautela feminina.

Mas nem é apenas por conta dos cuidados das mulheres. Os homens são mais vulneráveis e estão mais expostos ao risco. Como eles ainda dominam em profissões como motoristas, caminhoneiros, taxistas e motoboys, e por isso estão constantemente nas estradas de alta velocidade e vias de tráfego, representam a maior parte dos envolvidos em acidentes.

Aproveitando que hoje é o Dia Internacional da Mulher, a Seguradora Líder – DPVAT parabeniza todas as mulheres – motoristas, passageiras e pedestres do Brasil!

Conciliação do Seguro DPVAT

05/03/2012 Por:

 

Em parceria com Tribunais de Justiça de vários estados brasileiros, a Seguradora Líder DPVAT realiza periodicamente campanhas de conciliação para resolver questões judiciais e reduzir o número de ações que envolvem o Seguro DPVAT. Aqui no Brasil, todo cidadão que sofre um acidente de trânsito tem direito ao Seguro DPVAT, mas muitos, por falta de informação, recorrem à Justiça, tornando o processo bem mais demorado (enquanto o pagamento da indenização por via administrativa é feito em até 30 dias, o processo via judicial pode demorar até 3 anos).

Só no ano de 2011, mais de 12 mil beneficiários receberam suas indenizações após a celebração de acordos formalizados durante os chamados “mutirões”.

Mais informações sobre o Seguro DPVAT, acesse o site: www.dpvatsegurodotrânsito.com.br