Novos pontos de atendimento do Seguro DPVAT

02/07/2012 Por:

 

Vítimas de acidentes de trânsito do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba e Rio Grande do Norte podem agora solicitar, gratuitamente, o Seguro DPVAT através das agências dos Correios. Com a ampliação da rede de atendimento, serão 621 novos pontos no país. Atualmente, o Seguro DPVAT já conta com mais de 2 mil pontos oficiais. O projeto já está implantado nos Correios do Ceará, Maranhão e Piauí desde 2011.

“O procedimento para o recebimento do Seguro DPVAT pelas vítimas de trânsito é simples e dispensa o auxílio de terceiros, que muitas vezes oferecem ajuda para ficar com uma parte da indenização da vítima. Temos certeza de que essa iniciativa ajudará a milhares de famílias do Estado, que terão ainda mais facilidade em receber o Seguro em um momento de tanta dificuldade, após um acidente de trânsito”, afirma o diretor-presidente da Seguradora Líder DPVAT, Ricardo Xavier.

Para dar entrada no pedido de indenização através dos Correios é simples:

– Informe-se sobre a documentação necessária pelo telefone 0800 022 12 04 ou através do site www.dpvatsegurodotransito.com.br;

– Dirija-se a uma agência dos Correios mais próxima em um dos Estados participantes levando a documentação recomendada (nos demais Estados, consulte a rede de atendimento através do site);

– Guarde o comprovante de envio fornecido pelos Correios;

– Após 30 dias da data da entrega da documentação solicitada, o pagamento das indenizações é feito por meio de crédito em conta corrente ou conta poupança da vítima ou de seus beneficiários.

Boas práticas pelo bem do planeta

25/06/2012 Por:


A ONU lançou a campanha “I`m a City Changer” (Eu sou um Modificador da Minha Cidade, em tradução livre) no dia 18 de junho, no Forte de Copacabana, durante a Rio + 20. A proposta é que a população se conscientize de que, a partir de pequenas mudanças no dia a dia é possível alcançar um padrão de vida mais sustentável. No Brasil, o foco da campanha será a mobilidade urbana e todos serão chamados a escolher meios de transporte menos poluidores.

“Queremos incentivar o uso de transporte não motorizado, seja a bicicleta ou qualquer outro. Se não for possível, que a pessoa possa usar o transporte público ou pegar carona com amigos. Cada um pode fazer sua parte por um mundo melhor”, afirma Manuel Manrique, oficial de informação do programa ONU Habitat, idealizador da campanha.

Cidades do país como São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre, receberão ações pontuais de marketing e outros eventos para mobilização da população.

“Precisamos mostrar que a mudança é possível por meio de criatividade e audácia das pessoas para tomarmos decisões mais inteligentes. Nas cidades estão as oportunidades para enfrentar os problemas globais”, diz o secretário geral adjunto da ONU Joan Clos.

Acompanhe exemplos das melhores práticas no site www.imacitychanger.org

Sustentabilidade no trânsito

18/06/2012 Por:

 

Nessa semana o Rio de Janeiro recebe a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio + 20. O debate sobre sustentabilidade e meio ambiente não deve ficar restrito ao evento. Você, motorista, pode fazer a diferença, mudando pequenos hábitos e cuidados com o carro que podem deixá-lo menos poluente e mais sustentável.

– Ao lavar o carro, utilize produtos pouco tóxicos e, claro, economize a água;

– Faça uma revisão regularmente. Um carro em boas condições de funcionamento não terá problemas de escapamentos, vazamentos de óleos, entre outros;

– Mantenha os pneus sempre calibrados, melhorando o desempenho do carro e economizando combustível.

– Quando possível, utilize o transporte público ou bicicleta.

Projeto de Lei institui Década de Ações para Segurança no Trânsito

14/06/2012 Por:

 

O Projeto de Lei 6319/09, de autoria do deputado federal Hugo Leal (RJ), foi aprovado recentemente pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados. O PL institui a Década de Ações para a Segurança no Trânsito, no período de 2011 a 2020, atendendo a uma recomendação da ONU. O objetivo da Década é reduzir em pelo menos 50% o número de mortes e acidentes no trânsito dentro do período.

Pelo projeto, o Poder Público desenvolverá atividades educativas, informativas, de promoção, de conscientização e de estímulo à participação da sociedade para redução da violência no trânsito.

“O objetivo é promover políticas para melhoria da segurança no trânsito. No Brasil, a violência no trânsito faz mais de 40 mil vítimas fatais por ano, uma média de 95 mortes diárias. Isso equivale à queda de um avião de grande porte lotado a cada três dias”, alerta o deputado.

De acordo com a proposta aprovada, os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário deverão publicar todos os anos, enquanto durar a Década de Ações para a Segurança no Trânsito, um balanço, referente ao ano anterior, que contemple o registro quantitativo e qualitativo de todas as iniciativas e ações desenvolvidas para promover  a segurança no trânsito.

Atenção na estrada durante feriado

06/06/2012 Por:

 

De hoje até segunda-feira, a expectativa é de muita movimentação nas estradas por conta do feriado prolongado de Corpus Christi. Nesses dias, a ocorrência de acidentes é grande e os motoristas precisam redobrar a atenção ao dirigir.

Segundo dados da Seguradora Líder – DPVAT, no período de 2006 a 2011, foram pagas 18.095 indenizações do Seguro DPVAT para acidentes ocorridos durante esse feriado em estradas brasileiras. Os sábados e domingos foram os dias com maior incidência de acidentes, concentrando, em média, 47% das ocorrências, sendo que para morte, 50% aconteceram nestes dois dias, muitas delas no período da madrugada (24%).

Para alertar os motoristas sobre os riscos de acidentes nas ruas e estradas durante os feriados de Corpus Christi, o Ministério das Cidades lançou nesta segunda-feira (4/6), uma campanha protagonizada pelo cantor Leonardo. Com o slogan “A dor de um acidente pode durar para sempre”, a ação traz o depoimento do artista sobre o sofrimento de ver um familiar envolvido num acidente de trânsito.

Dos recursos do Seguro DPVAT, financiados pelos proprietários de veículos por meio de pagamento anual, 5% são repassados ao Ministério das Cidades, para aplicação exclusiva em programas destinados à prevenção de acidentes de trânsito. Outros 45% são repassados ao Ministério da Saúde (SUS), para custeio do atendimento médico-hospitalar às vítimas de acidentes de trânsito em todo país; e os demais 50% são voltados para o pagamento das indenizações.

Para evitar acidentes, além da direção preventiva, outra boa dica é fazer um check-up no veículo antes de pegar a estrada. Confiram nossas dicas aqui!