Arquivos do blog

Do motorista ao pedestre, todos podem contar com o Seguro DPVAT

23/05/2017 Por:

 

 

Você sabe o que é um seguro social? No início, o nome pode até causar estranheza, mas não é difícil entender o seu significado. Se você já ficou desempregado, enfrentou problemas de saúde ou sofreu acidente, com certeza sabe como uma ajuda pode fazer toda a diferença. Exatamente para auxiliar as pessoas em momentos de desamparo, é que existem os seguros sociais.

A Seguradora Líder-DPVAT, por exemplo, cumpre o seu papel social ao fazer a gestão do Seguro DPVAT, um recurso importante para as vítimas de acidentes de trânsito. Esse benefício, que é repassado em forma de indenização, também tem como função auxiliar quem fica fora do mercado de trabalho. Sabe como? Para responder essa pergunta, separamos três benefícios do Seguro DPVAT que você precisa conhecer:

– A indenização do seguro é paga sem apuração de culpa, você sabia? Seja motorista, passageiro ou pedestre, o Seguro DPVAT ampara todas as vítimas de acidentes de trânsito.

– Quando alguém se acidenta, os custos com despesas médicas são um dos maiores motivos de dor de cabeça. Por ter 45% da arrecadação destinada ao SUS, o Seguro DPVAT dá um auxílio com os gastos hospitalares.

– O Seguro DPVAT também ajuda a sociedade e todo o país, pois as maiores vítimas de acidentes de trânsito são as pessoas que mais movimentam a economia do Brasil: jovens com idade entre 18 e 34 anos. Ou seja, o benefício ajuda a evitar um desequilíbrio na economia.

Ficou alguma dúvida sobre os benefícios sociais do Seguro DPVAT para quem fica fora do mercado de trabalho? Deixe a sua pergunta nos comentários. 😉

Venha, você também, participar

18/05/2017 Por:

Você sabia que mais de 80 milhões de brasileiros conduzem veículos nas ruas? Desse número, mais de 60 milhões são automóveis e caminhões, segundo o IBGE. Com tanta gente dirigindo, os cuidados e a atenção ao volante precisam ser redobrados, e é sobre isso que vamos falar hoje por aqui.

Pegando uma carona no movimento Maio Amarelo, daremos dicas de como fazer do trânsito um espaço mais seguro. Embarque com a gente nessa. Hoje as dicas são voltadas a motoristas e caminhoneiros, mas o convite é para que todos fiquem de olho; afinal, a segurança de um, quando o assunto é trânsito, depende de todos.

Para ficar por dentro do movimento Maio Amarelo,  é só clicar aqui.

Compartilhe a #MinhaEscolhaFazaDiferença nas suas redes sociais e apoie você também esse movimento!

Vamos às dicas? =)

– Celular e Bebida ao volante é furada! Essas são as principais causas de acidentes. Não vale correr o risco!

– Um carro em alta velocidade tentou fazer uma ultrapassagem? Que feio! Nesse caso, é melhor deixar que ele passe; afinal, uma disputa de velocidade pode provocar acidentes, ferindo as pessoas que estão por perto.

– Situação de emergência: o veículo que você está dirigindo sofreu uma pane mecânica. O que fazer? Primeiro, não se desesperar. Mantenha a calma e ligue o pisca-alerta para que os outros motoristas fiquem atentos. Mas, atenção: esse recurso não é uma boa opção quando há neblina, que pode confundir os condutores que vêm atrás.

– Quando o semáforo estiver no amarelo, é sinal de atenção: é preciso ir freando aos pouquinhos e parar. Esperar que o sinal fique verde é a melhor escolha.

São pequenos gestos que fazem toda a diferença!

Dê você também a sua ideia; afinal, esse espaço é seu. Poste nos comentários dicas de escolhas que podem ser legais para construirmos um trânsito mais seguro. Esperamos o seu comentário! 🙂

Vamos de bike para o trabalho?

12/05/2017 Por:

 

Você usa bicicleta para ir ao trabalho? Saiba que o brasileiro está pedalando cada vez mais. Segundo o Ministério das Cidades, existem mais de 60 milhões de bicicletas no Brasil, sendo que metade delas é usada pelas pessoas para ir trabalhar. Isso pode ser um estímulo e tanto para pegarmos as “magrelas” e sair andando por aí, né? Justamente para incentivar cada vez mais a locomoção sobre duas rodas foi criado o “Dia de ir de Bike ao Trabalho”.

A data foi inspirada no “Bike To Work Day” (Dia para ir de Bicicleta ao Trabalho), versão norte-americana do evento, criado em 1956. Atualmente, o movimento acontece em vários países. No Brasil, a ação é sempre realizada na segunda sexta-feira de maio.

Hoje, dia 12, a sociedade vai se unir para realizar atividades que promovem o movimento em várias cidades do país. A ideia é dar um “empurrãozinho” em quem ainda torce o nariz quando o assunto é a locomoção sobre duas rodas. Os encontros apresentarão as vantagens de andar de bicicleta – como os benefícios para o corpo e a mente, além da contribuição com o meio ambiente, já que a bike não polui o ar.

Quer começar a pedalar para o trabalho? Confira as dicas de segurança que separamos pra você!

– Rotas alternativas, buscando lugares com menos trânsito, são boas opções para pedalar de forma mais agradável e segura.

– A sinalização é muito importante no trânsito, por isso o recomendável é sempre avisar, por meio de sinais com as mãos, qual a sua intenção para os motoristas.

– O uso de equipamentos de segurança, como capacete e luvas, é algo indispensável, pois eles servem como proteção em casos de acidentes.

E você, vai de bike para o trabalho? Então conta pra gente como é sua experiência! 😀

 

Maio Amarelo: #MinhaEscolhaFazADiferença

08/05/2017 Por:

Ciente de seu papel social na gestão do Seguro DPVAT, a Seguradora Líder-DPVAT apoia e investe em iniciativas que contribuem para a redução de acidentes nas ruas e, com isso, levam à diminuição de vítimas no trânsito. Uma das ações que lutam por esse propósito é o Maio Amarelo.

Esse importante movimento foi criado há três anos para chamar a atenção da sociedade, dos governos, de empresas e instituições de 23 países sobre a segurança no trânsito. Segundo o Observatório Nacional de Segurança Viária, 90% dos acidentes nas ruas acontecem por falha humana. São aqueles deslizes que às vezes se comete achando que nada de mais vai acontecer, como atender o celular dirigindo, exceder um “pouquinho” o limite de velocidade, ir até a esquina de casa sem o cinto de segurança.

É uma realidade que a gente vê em nosso dia a dia, mas pode mudar. Como? A partir das nossas escolhas! A campanha do Maio Amarelo deste ano traz justamente este tema: “Minha Escolha Faz a Diferença”. A ideia é mobilizar a população a refletir sobre o impacto das escolhas de cada um no trânsito. O que acha de aderir?

Compartilhe aqui e nas redes sociais as suas ideias, com a #MinhaEscolhaFazADiferença, sobre como se pode fazer do trânsito um espaço mais seguro. 😉

Direção Segura e Gentileza nas Ruas: Uma Fórmula que dá Certo

05/05/2017 Por:

Deixar os filhos na escola, ir para o trabalho,  faculdade…Ufa! Para dar conta de tantas tarefas, muitas vezes é preciso se apressar, mas quando o assunto é trânsito, a pressa tende a virar inimiga, pois a corrida contra o tempo pode comprometer a segurança dos motoristas e dos pedestres.

Justamente para chamar a atenção sobre a necessidade de uma condução segura e ainda lembrar que é preciso agirmos sempre com gentileza nas ruas, foi criado o Dia Mundial do Trânsito e da Cortesia ao Volante. Comemorada em 5 de maio, a data reforça como é importante agirmos com educação e de forma gentil ao volante e nas ruas.

Para celebrar esse dia, separamos algumas dicas de gentileza no trânsito. Confira:

– Atitudes que facilitam a vida dos pedestres e condutores de veículos são sempre bem-vindas. Entre as gentilezas, o motorista pode liberar a passagem, aguardar a travessia de pedestres e ter paciência com idosos e condutores sem experiência.

– Ser compreensivo sempre ajuda no trânsito. Ao perceber que um motorista tomou uma atitude imprudente, procure entender o motivo. Muitas vezes, reagir de forma dura pode gerar discussões desnecessárias.

– Evitar o bate-boca é sempre recomendável. Nessas horas, quando ninguém está mais escutando, o problema dificilmente será resolvido. O ideal é acalmar os ânimos antes de continuar a conversa.

Existem muitas outras maneiras de ser gentil nas ruas, e a gente sabe que você já viu ou praticou alguma. Compartilhe aqui nos comentários, vai!