01/12/2017 Por:

Mulheres ao volante: segurança garantida

 

Apesar de representarem mais da metade da população brasileira (51%), as mulheres estão envolvidas em um número substancialmente menor de acidentes de trânsito, segundo estatísticas divulgadas pela Seguradora Líder, baseadas no número de indenizações pagas pelo Seguro DPVAT.

De janeiro a outubro de 2017, foram pagas 325.638 mil indenizações pela Seguradora Líder por acidentes de trânsito em todo o Brasil. Desse número, apenas 25% foram para mulheres. Sabe qual a conclusão, pessoal? Que as mulheres são motoristas ou motociclistas mais cuidadosas e atentas às normas de segurança. 😉

Outro dado chama a atenção: não apenas os homens respondem pela ampla maioria dos acidentes, mas quanto mais jovem, maior é o risco! A faixa etária mais frequente nas indenizações pagas no período de janeiro a outubro de 2017 foi de 18 a 34 anos, representando 50% do total pago, o que corresponde a cerca de 218 mil indenizações.

Esses dados servem para quebrar de vez as crenças um tanto preconceituosas que se repetem nosso dia a dia, não é mesmo? Segundo uma pesquisa realizada pela seguradora britânica Privilege Insurance, elas se destacam, notoriamente, nos quesitos relacionados à segurança ao dirigir, se submetendo a menos riscos do que os homens. Essa pesquisa também indica, por exemplo, que mais da metade dos homens acelera quando vê o sinal amarelo, contra apenas 14% das mulheres. No quesito “cortesia nas estradas”, as mulheres também lideraram, com 39% sempre sendo educadas com outros pilotos, em comparação com apenas 28% dos homens.

Pensando nisso, hoje, o nosso recado é super especial: é sempre válido relembrar que, independente do gênero, o mais importante é ser mais cauteloso no trânsito. Afinal, respeitar a sinalização, as leis do trânsito e ter atenção total ao conduzir são responsabilidades de todos os condutores.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *