09/11/2017 Por:

Preocupe-se com o motorista de ônibus: sua vida está nas mãos dele

Por Rodolfo Rizzotto, Coordenador do SOS Estradas

Você já parou para pensar que a segurança de milhões de brasileiros que viajam pelas rodovias e áreas urbanas, está nas mãos dos motoristas de ônibus?

Por isso, quando for viajar, procure saber se o motorista descansou apropriadamente, já que, muitas vezes, eles trabalham em excesso de jornada. Também é importante demonstrar interesse pelo profissional, respeitando suas orientações através de pequenas atitudes, como quando ele pedir para afivelar o cinto de segurança no ônibus, por exemplo.

É importante também ficar de olho na velocidade. Na maioria dos casos, a pressa não é do motorista, mas da empresa que o pressiona para cumprir horários que praticamente o obrigam a andar acima do limite. Caso você perceba que essa situação está ocorrendo, reclame com o órgão responsável pela linha de ônibus: eles podem verificar a velocidade pelo tacógrafo, uma espécie de caixa preta dos transportes.

No caso de acidentes, vale lembrar que os passageiros estão protegidos pelo Seguro DPVAT, mas a empresa de ônibus também tem a obrigação de estar em dia com este Seguro. Quando a empresa não cuida do motorista, costuma também ser irresponsável com o Seguro.

Durante paradas em longos trajetos, respeite o tempo para o lanche para não atrasar a viagem e colaborar para que o motorista fique tenso. Na hora da chegada, agradeça, afinal, você chegou em segurança, graças a esse profissional que merece todo o nosso respeito.

Gostou do artigo? Clique aqui para conhecer o site do SOS Estradas, um programa que visa reduzir os acidentes e aumentar a segurança nas rodovias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *