Arquivos mensais: maio 2016

Dicas para as mulheres motociclistas. Vaidade com segurança sobre duas rodas!

30/05/2016 Por:
Crédito: AmitLev

Crédito: AmitLev (Flickr)

Com o aumento dos engarrafamentos em diferentes cidades do Brasil, muitas pessoas estão percebendo na motocicleta uma chance de fugir do estresse de permanecer horas parado no trânsito. O público feminino lançou mão dessa alternativa e já representa 26% dos brasileiros com carteira de habilitação especial para o veículo, somando mais de cinco milhões de mulheres motociclistas hoje nas ruas, como aponta o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

No entanto, pilotar motos com segurança exige atenção e cuidados específicos, inclusive no quesito vestuário e na escolha dos sapatos. Para não esquecer dos itens importantes, colocando a sua vida em risco, separamos algumas dicas para as mulheres. Confira!

– Salto alto, chinelos e sandálias soltas são um perigo para a sua segurança e, por isso, proibidos pelo Código de Trânsito Brasileiro. O ideal é usar sapatos bem presos aos pés e calcanhares e dar preferências às botas de cano alto, para proteção dos tornozelos e dificuldade para sair do pé em caso de queda.

– Reforçar a sola da bota com borracha ajuda a evitar que o pé escorregue do pedal.

– A jaqueta com proteção nos ombros e cotovelos é fundamental para minimizar os impactos de um possível acidente.

– Os acessórios precisam ser pequenos. Em geral, anéis, brincos e colares grandes podem contribuir para lesões e desconforto do piloto.

– Use proteção específica no pescoço contra linhas de pipa e outros objetos que podem bater nesta parte do corpo e machucar.

– Se for pegar estrada, prefira usar uma calça de cordura, um tecido resistente a abrasões, cortes e rasgos, para diminuir as lesões em caso de acidentes e quedas.

– As luvas são parte importante da proteção, principalmente as fechadas de punho longo, para evitar ferimentos no braço caso a manga da jaqueta suba.

Fontes: Estadão; Guia Prático – G1

Vai aproveitar o feriadão de Corpus Christi? Conheça as nossas estatísticas e evite acidentes!

24/05/2016 Por:

24.05_Corpus Christi

Feriados prolongados sempre são uma ótima oportunidade para descansar, repor as energias ou visitar aquele parente que mora longe. Na próxima quinta-feira (23), estima-se que milhares de pessoas passarão pelas estradas brasileiras para aproveitar o feriadão de Corpus Christi. Mas, além de cuidar da programação para os dias de folga, é fundamental se preocupar com a segurança durante o percurso, para evitar imprevistos e acidentes por falta de atenção ou imprudência no trânsito.

De acordo com dados da Seguradora Líder-DPVAT, de2010 a 2014, no período de Corpus Christi (quinta-feira a domingo), as indenizações de Seguro DPVAT pagas por conta de acidentes envolvendo veículos automotores aumentaram a cada ano. A boa notícia é que este registro sofreu queda em 2015. Mas, se compararmos os números de 2010 com os de 2015, os casos cresceram em 36%, com destaque para acidentes com motocicletas, que tiveram um crescimento de 59%, sendo que os casos de invalidez permanente para esta categoria de veículos, no mesmo período analisado, cresceram 85%.

Os acidentes que resultam em invalidez, em todos os anos analisados, representaram o maior percentual de sinistros pagos pelo DPVAT. Somente em 2015, 72% dos pagamentos ocorreram por este motivo. Também no feriado do ano passado, eventos com morte tiveram maior incidência no sábado e no domingo, com 60% dos registros. Os homens foram as maiores vítimas dessas ocorrências, com 77% dos pagamentos, contra 23% das mulheres. Nos anos de 2014 e 2015, pessoas com idades entre 18 e 34 anos estiveram envolvidas em mais de 50% dos acidentes de trânsito.

A atenção nas estradas deve ser intensificada à tarde, já que nos últimos dois anos foi o período do dia com mais ocorrências. Em 2015, motoristas e passageiros foram os mais afetados durante a tarde, enquanto o período da noite foi o mais perigoso para os pedestres.

Por isso, antes de fazer as malas, faça a revisão completa do seu carro ou motocicleta, verificando nível de óleo, velas, as condições e calibragem dos pneus e a validade de extintores de incêndio. Praticar a direção defensiva, respeitar as leis de trânsito e os limites de velocidade também irão contribuir para uma viagem mais tranquila e segura.

Com atenção e cautela, você também faz a diferença para a sua segurança e a da sua família!

Holanda planeja liberar apenas carros elétricos no país até 2025

19/05/2016 Por:

Carro Elétrico

Os impactos que os automóveis à base de combustíveis fósseis causam ao meio ambiente são alvo de atenção especial de pesquisadores no sentido de se desenvolver tecnologias mais sustentáveis. A Holanda, conhecida pela adesão da bicicleta como meio de locomoção por de 31% da população, agora dá mais um passo importante em direção à preservação do planeta: até 2025, apenas carros elétricos poderão circular pelo país.

Mesmo com uma intensa discussão sobre a ambição da iniciativa, o parlamento holandês aprovou recentemente o projeto de lei para que, até a data, só saiam das concessionárias do país veículos que não emitam poluentes. Por lá, os cidadãos já contam com um transporte público que, além de eficiente, promove a integração entre todos os modais – metrô, ônibus, trem e balsa.

Agora, o desafio será colocar o plano em ação, mas a Holanda conta com o avanço tecnológico do setor para mais uma vez ser um exemplo verde. Estudos comprovam que é possível, sim, alcançar essa meta. De acordo com relatório produzido pela Bloomberg New Energy Finance, uma empresa focada em investimento relacionados à energia e em pesquisas sobre mercados de carbono, até 2025, o custo de carros elétricos, incluindo manutenção, será menor do que o de veículos movidos a gasolina e a diesel.

Com o aumento do interesse mundial pela utilização de uma frota mais ecologicamente correta, as compras de carros elétricos foram, no ano passado, de cerca de 1,3 milhão de unidades. Apenas na Holanda, entre os quase 450 mil carros adquiridos, 43 mil eram emissão zero.

Fontes: Hypeness; Conexão Planeta

VLT começa a circular no Rio e oferece gratuidade nos primeiros 40 dias

16/05/2016 Por:

VLT

A rede de Veículos Leve Sobre Trilhos (VLT), o mais novo, moderno e sustentável meio de transporte do Rio, começa a operar parcialmente no próximo dia 22, e oferecerá aos cariocas e visitantes gratuidade nos primeiros 40 dias de funcionamento.

Na primeira semana, a circulação será somente nos dias úteis, com trajeto da Parada dos Museus até o Aeroporto Santos Dumont, do meio-dia às 15h e com meia hora de intervalo entre as viagens. Na segunda e terceira semanas, conforme divulgação feita pela Secretaria Municipal de Transportes,  o horário será ampliado com circulação das 11h às 15h.

A linha só será toda aberta entre a Praia Formosa — na região da rodoviária — e o Santos Dumont em 1º de julho, com trens circulando das 9h às 17h, inclusive aos fins de semana. A partir de 1º de agosto, o funcionamento passará a ser das 6h à meia-noite. Durante a Olimpíada, que começa em 5 de agosto, a circulação será feita de forma integral com saída da Praia Formosa ao Santos Dumont.

A meta da Prefeitura é que o VLT funcione 24 horas por dia nos sete dias da semana, transportando cerca de 300 mil pessoas diariamente ao longo dos 28 quilômetros de trilhos. O primeiro trecho tem 28 paradas, três estações, liga a Rodoviária Novo Rio ao Aeroporto Santos Dumont e deve entrar em operação em 1º de julho. O segundo trecho vai da Central do Brasil à Praça XV e será entregue no segundo semestre.

Uma das novidades do VLT é a ausência de cobrador no trem. Os bilhetes eletrônicos são validados pelo próprio passageiro. A partir de 1º julho, a tarifa de R$ 3,80 começará a ser cobrada. Quem for pego sem pagar será multado em R$ 170.

A circulação da nova rede no Centro implicará em mudanças nos sentidos de várias ruas do Centro, alterando também roteiros de 180 linhas de ônibus. No último fim de semana, foi liberada  a circulação de carros em duas faixas da Rio Branco.

O VLT Carioca é um projeto da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e integra a Operação Urbana Porto Maravilha. Realmente é uma evolução em termos de mobilidade urbana. O trânsito agradece, o meio ambiente e os cariocas também. Só esperamos que a novidade siga sempre nos trihos da qualidade e da segurança

Para mais informações sobre o VLT, como as estações e paradas, acesse o link http://www.vltcarioca.rio/

Campanha de conscientização mostra diariamente vídeos com depoimentos baseados em fatos reais

12/05/2016 Por:

Dpvat2

O Departamento de Trânsito do Paraná (DETRAN) lançou uma bela campanha de conscientização com objetivo de chamar atenção para a violência no trânsito, buscando, com isso, reduzir o número de vítimas. A campanha faz parte das ações para o  Movimento Maio Amarelo e contempla 31 vídeos diários, que apresentam breves mensagens sobre atitudes que podem fazer a diferença com depoimentos baseados em histórias reais.

De acordo com levantamento divulgado pela Prefeitura de Curitiba, em abril deste ano, o número de mortes no trânsito na cidade diminuiu 17,5%, em comparação com o ano anterior. Ao todo, foram registrados 184 mortes em 2015 e 226 em 2014.

A análise dos dados apontou que as principais vítimas dos acidentes são pedestres, homens e jovens entre 20 a 29 anos. Os dados mostram, ainda, que o risco de um homem morrer no trânsito em Curitiba é cinco vezes maior do que o observado entre as mulheres. Em 2015, 81% das vítimas no trânsito da cidade eram homens.

Nesse link, você pode acompanhar o calendário com a programação diária dos vídeos , que nos convidam à reflexão com direito a doses de emoção.

Selecionamos o vídeo abaixo sobre a importância da utilização da cadeirinha, que foi publicado no último domingo.